Como o brincar com materiais reciclados pode fomentar a criatividade das crianças? Essa é uma pergunta que tem me perseguido por um bom tempo. Chegava a ser uma inquietação. Hoje vou encontrando respostas de como os objetos que vão para o lixo podem se tornar, realmente, úteis para desenvolver a criatividade e a imaginação dos nossos filhos. E uma delas chegou quando vimos Laura criar o WALL-E com materiais reciclados. Isso foi incrível! Não acreditávamos no que víamos!!

Acho que você também pode estar achando incrível que uma menina de 4 anos e meio tenha sido capaz de fazer um boneco. Certamente, todas sejam capazes de fazer um assim. No entanto, nem todas às crianças tem à disposição o estímulo necessário para colocar em prática suas ideias criativas.

WALL-E com materiais reciclados

A caixa das invenções foi uma das ideias mais criativas que tivemos por aqui. Tem rendido tantos momentos de criação. Pouco a pouco vou compartilhando as invenções da Laura e conversando com vocês sobre o desenvolvimento da criatividade infantil e como fomenta-lo desde quando nossos filhos são bebês.

Ao terminar de ver o filme WALL-E, Laura estava emocionada. A relação de amizade entre os robôs havia tocado muito a nossa pequena. Mas também, havia se dado conta como o robô guardava todo o material que encontrava no lixo que poderia servir em caso de emergência. Por exemplo, tinha vários binóculos que usava para substituir algum que estava quebrado. Para Laura, a casa do WALL-E era uma grande caixa das invenções.

Caixa das invenções: uma ideia sustentável e criativa

Eu quero um WALL-E agora”. Estamos em cheio na fase do imediatismo. Por sorte, a menina é bem compreensiva. Expliquei-lhe que não era o momento. Já sabem o discurso: “Não podemos ter tudo que queremos. Quem sabe um dia temos a sorte de ter um WALL-E em casa”. Daí desatou o choro de frustração até o momento em que lhe disse: “Lembre-se de que você tem uma caixa das invenções. Se você quer tanto um WALL-E aqui, trabalhe!”. Ela levou o conselho muito a sério.

De repente escuto como vira a caixa no chão e todos os objetos caem fazendo um grande barulho. Em pouco tempo já tinha selecionados aqueles que lhe seriam úteis. Acrescentou a eles seu binóculo. Chamou seu pai e lhe pediu para ajuda-la a unir as peças, já que sozinha não podia. Indicou-lhe o caminho. Como cada uma deveria se encaixar.

walle feito com reciclagem

Aí estava o WALL-E!!!

Brincar com materiais reciclados

Todos temos a clara convicção de que os materiais reciclados podem ser úteis para fomentar a criatividade infantil. Nas redes sociais abundam as mães e professoras com sugestões de como transformar uma caixa de papelão em brinquedos, jogos e materiais educativos ou fantasias. Eu mesma já fiz, e ainda faço, muitas coisas com objetos de reciclagem. O que me inquietava é que, na maioria das vezes, observo como somos os adultos a manipular os materiais reciclados e entregar o material para realizar uma tarefa com um objetivo claro e específico.

walle material reciclado

Buscava algo mais. Queria o brincar com materiais reciclados de forma livre. A Laura deveria entender que aqueles objetos que poderiam ter ido para o lixo, podiam mudar de utilidade e serem transformados em coisas grandiosas, segundo suas necessidades e interesses.

Para mim, isso é colocar o material reciclado a serviço da criatividade. Quando Laura quis um WALL-E em casa, minha cabeça de adulto pensou que ela desejava ter um robô que se locomovesse, com controle remoto… Sabe, tudo bem moderno, mas com o design do personagem. Engano meu. Ela apenas queria algo que recriasse a imagem do WALL-E. Isso já a satisfazia.

Como ia imaginar que uns tubos, tampas de lata, uma caixa de ovos, binóculos e umas chaves perdidas de um jogo poderiam dar forma ao WALL-E?

Todos nascemos criativos o difícil é continuar sendo criativo quando crescemos

Há uma célebre frase atribuída a Pablo Picasso da qual gosto muito: “Todas as crianças nascem artistas, o difícil é seguir sendo um quando crescemos”. Troquemos a palavra “artista” por “criativo”. A criatividade é algo inato no ser humano. A criança descobre o mundo explorando-o e experimentando tudo a seu redor. É capaz de ressignificar tudo o que vê e toca.

brincar com materiais reciclados

Somos nós os adultos que acabamos por limita-las. Quando oferecemos à criança brincar com materiais reciclados de uma maneira livre, permitimos que exercite sua imaginação. É assim como coloca em prática a construção e desconstrução do seu próprio mundo.

Quando lhe oferecemos apenas brinquedos prontos, com funções específicas, limitamos sua criatividade. Pouco a pouco, torna-se um adulto incapaz de ressignificar as coisas em seu entorno.

Ver as maravilhas que Laura tem feito, me coloca agora em reflexões mais profundas sobre como podemos, de fato, ver o lixo como luxo. Acredito que mudar esse chip é algo fundamental para poder nos reconectarmos com a natureza.

Motivo a todos a ter um espaço de criação e arte com materiais reciclados esteticamente bonito. Brincar com materiais reciclados, além de fomentar a criatividade, também favorece o brincar eco sustentável.


Gostou desta publicação do educlub?

💬  Deixe seu comentário ↓

↪️  Compartilhe com seus amigos.

Deixe Uma Resposta