Já abordamos em nosso blog o benefício de usar o emocionômetro ou termômetro das emoções para trabalhar as emoções com nossas crianças. Trata-se de um recurso educativo para que elas aprendam a identificar, medir e regular as emoções e os sentimentos.

Um clássico da literatura infantil espanhola, infelizmente não disponível em português, é o livro O Monstro das Cores, de Anna Llenas. Trata-se de um conto que ajuda os pequenos a colocarem nome às emoções que experimentam. Para cada uma delas corresponde uma cor, tornando-se mais fácil para a criança assimilar seu significado.

o monstro das cores anna llenas

O livro trabalha com cinco emoções básicas: alegria, tristeza, raiva, medo e calma. Para cada uma foi designada uma cor: amarelo, azul, vermelho, preto e verde, respectivamente.

Um monstrinho confuso não sabe expressar o que lhe passa. Ele conta com a ajuda de uma amiguinha para colocar ordem em todas as emoções que não consegue explicar.

Ainda que não esteja em português, podemos aproveitar-nos dos recursos educativos disponibilizados gratuitamente pela escritora em sua web para fazer o emocionômetro.

Este é o nosso primeiro Emocionômetro:

emocionometro passo a passo

Como fazer o termômetro das emoções

O mais legal do termômetro das emoções que vamos confeccionar é que pode ser feito pela própria criança. Isso é um plus, posto que pode internalizar o significado das emoções, aprendendo a nomear o que sente com mais facilidade.

Material necessário:

  • Fichas das emoções para colorir (ver mais abaixo)
  • Cartolina de cor
  • Lápis de cor
  • Pregadores de madeira
  • Caneta preta
  • Washitapes
  • Cola bastão

Como preparar:

Primeiramente você deve fornecer os nomes das emoções a serem trabalhadas. Neste caso, optamos por fazer umas fichas retangulares, em cartolina. Com uso do rotulador escrevi cada emoção em uma ficha. A ideia é apresenta-las, uma ao lado da outra.

Pergunte a criança se ela pode descrever situações em que sente raiva, alegria, tristeza, calma, medo…

Depois, apresente as fichas das cinco emoções (imprime os desenhos disponíveis nesta publicação). Peça à criança que observe as expressões do monstrinho e identifique que emoção está sentindo.

Após relacionar emoção e desenho do monstrinhos, devemos dar uma cor a cada emoção. Seria legal deixar que a criança escolha as cores, ainda que sejam arbitrárias e não sejam aquelas que previamente podemos conceber para tal emoção.

como fazer emocionometro

Assim que terminar de colorir os desenhos, é o momento de montar o emocionômetro. Colamos as imagens em uma cartolina amarela e decoramos as pontas das fichas com washitapes. Demos nome a cada emoção e colocamos o título Emocionômetro no centro.

Os pregadores podem ser decorados com enfeites de DYI ou de Scrapbook. Pode ser usado dias da semana, desenhos de animais, imagens de flores. O importante é que se coloque ao menos um ou dois pregadores ao dia no termômetro.

emocionometro faca voce mesmo

No final de uma semana você pode avaliar, juntamente com a criança, as emoções vividas.

Ah, o termômetro dos sentimentos pode ser colocado atrás da porta ou na parede. Pode estar bem fixado em seu ponto superior. Nós utilizamos durex de dupla face.

emocionometro passo a passo

Caso seu filho encontre dificuldades de se expressar, seria interessante que tanto mamãe como papai também tivessem seus pregadores e pudessem expressar suas emoções. Essa é uma forma de a criança compreender que é normal sentir medo ou raiva, por exemplo.

como fazer termometro das emocoes

emocionometro facil de fazer

Fichas das emoções para colorir:

Atividades para crianças

Atividades para crianças é uma seção da nossa web que traz um monte de atividades interessantes para trabalhar com nossos filhos. Todas elas apresentam objetivos claros para o desenvolvimento emocional, motor e intelectual da criança. Visite:

História Infantil

Na nossa seção História Infantil, você encontra muitas dicas incríveis histórias, fábulas, poemas, livros e vídeos infantis. Além disso, confere dicas de atividades e jogos de leitura, de contação de histórias e formas de organização da biblioteca infantil em casa. Visite:


Gostou desta publicação do educlub?

💬  Deixe seu comentário ↓

↪️  Compartilhe com seus amigos.

7 Comentários

  1. Elaine Pimenta Responder

    Essas atividades, que por sinal são muito didáticas, podem ser usadas em sala de aula com as crianças de 1º ano? Parabéns pelo excelente trabalho com a educação emocional!!!

  2. Ótima ideia!!!!
    Farei com meu filho… estamos vivendo momentos bem difíceis com ele em relação aos sentimentos… Só chora… vive com raiva… nossa todo dia um estresse.
    Obrigada pela didática.

    • Karina Responder

      Sim, ajuda muito. No blog também há muitas outras opções de atividades que podem ser valiosas para trabalhar as emoções com os pequenos.

    • Karina Responder

      Indicam como a criança se sente em determinado momento. Quando a criança se sente com raiva, coloca um pregador ao lado do monstro que indica a raiva. Essa é uma forma de autoconhecimento, de reconhecer como administra suas próprias emoções nas distintas situações.

    • Karina Responder

      Oi Cristiane,

      o ideal é a partir dos 3 anos e meio, quando a criança já entenderá melhor o funcionamento do emocionômetro.

Deixe Uma Resposta