Compartilho com vocês um texto maravilhoso sobre a importância do autocuidado, de manter a mente e o corpo saudáveis. Isso é imprescindível para que possamos cuidar dos demais. Estou me curando é uma reflexão sobre autocuidado e cura interior, sobre como devemos cuidar de nós mesmos. Estar bem consigo mesmo é a base para poder estar bem para cuidar do outro.

Será comum você viver a sensação de que nunca tem tempo, que sempre está vivendo para satisfazer os demais, deixando de lado a si própria. Essas são sensações que se experimentam muito na maternidade. Vivemos o amor incondicional e nos entregamos de corpo e alma à criação dos nossos filhos. Passamos a viver para ele. Na realidade, deveríamos aprender a viver para nós mesmos, pois, ao estarmos sãos, somos capazes de cuidar melhor do outro.

E não pense que isso ocorre apenas na maternidade. Também passamos essas vivências tóxicas em diferentes relações sociais, seja entre familiares ou amigos. O autocuidado é muito importante e necessário.

Sobre autocuidado e cura interior

Estou me curando…

Estou entendendo que não tenho que me fazer indispensável. Estou tomando distância para observar e me observar de longe. Estou despertado-me de um entorpecido condicionamento. Dou-me conta de que não preciso de apegos.

Que para ser livre é preciso voar ligeiro. Estou sentindo o que significa não ser necessária. Estou entendendo o que faz a distância, o tempo e a autonomia nas decisões.

Estou deixando de influir e intervir em vidas alheias. Estou deixando de estar onde não sou chamada. Estou deixando de carregar processos dos outros. Estou praticando guardar silêncio e respirar lento. Estou recordando que ser amável não me impede de ser clara e de me deixar sentir as emoções que afloram em meu interior nesse preciso momento.

Estou despojando-me de expectativas alheias para reconstruir-me desde meus próprios instintos. Estou deixando que minha natureza saia desde a profundidade da minha alma.

Estou me curando e isso me está ensinando a me escutar, a priorizar-me e a me permitir ser eu mesma…

* Autor desconhecido. Visto em @aguaviva.

Como as feridas emocionais da infância se arrastam até a fase adulta

Educação Emocional

Na seção Educação Emocional aprendemos como ajudar nossos filhos a reconhecer e identificar as emoções corretamente. A partir do desenvolvimento da inteligência emocional, a criança está preparada para vivenciar situações várias de uma maneira equilibrada. Além disso, há uma parte dedicada a sugerir atividades sobre as emoções para trabalhar com os pequenos em casa. Descubra mais:


Gostou desta publicação do educlub?

💬  Deixe seu comentário ↓

↪️  Compartilhe com seus amigos.

Deixe Uma Resposta